domingo, 11 de maio de 2008

O desejo de ser MÃE

Quero ser mãe para sentir a ansiedade do resultado do teste de gravidez.
E então, pular de alegria ao saber que deu positivo. Chorar e passar a mão na barriga e já dizer: meu bebê eu te amo!
Chegar em casa e pensar milhões de vezes em como darei a notícia ao meu marido.
Ver os olhos do meu amor cheio de lágrimas e então receber um beijo na barriga e ouvir um eu te amo bem baixinho.
Anunciar para a família a boa notícia!
Preparar o quarto, os móveis, as roupinhas. Ah! As roupinhas que serão lavadas com amaciante com cheirinho de talco.
Esperar ansiosamente pelas sessões de ultra-som para saber qual é o sexo do bebê.
Chorar por ver suas mãozinhas, pezinhos e olhinhos. Sentir aquele ser tão pequenino crescer dentro do meu ventre.
Conversar com ele e sentir que ele realmente ouve ao dar um chute ou então nadar como um peixinho todo feliz.
Ver meus seios crescerem e doerem por causa do leite. E torcer pra que tenha muito para amamentar o maior tempo possível.
Exibir meu barrigão com aquelas batas maravilhosas!
Ouvir seu coraçãozinho bater forte, cheio de saúde.
Programar o parto. Fazer os últimos preparativos. Deixar as malas prontas. De repente, ele pode ser ansioso como a mãe...rs
E então, sentir as contrações. Sentir medo. Aflição.
Ter ao meu lado meu marido para me dar força.
Ouvir o choro.
E ver a carinha dele. Toda enrugada. A famosa carinha de joelho mais linda que existe.
Dar um beijo em seu rosto e dizer pela primeira vez olhando pra ele: eu te amo!
Não dormir de madrugada para amamentar ou para fazê-lo parar de chorar.
Ouvir suas primeiras palavras: mamã e papá...
Os sorrisos, as gargalhadas.
A primeira papinha de frutas.
Vê-lo engantinhar. Andar. Correr.

E como tudo passa muito rápido neste mundo... vê-lo correr para o futuro!

Meu maior sonho é viver tudo que descrevi acima. Quando tudo isso acontecer, aí sim, serei a mulher mais feliz do mundo! Completa!

Feliz dia das mães a todas essas mulheres abençoadas por Deus!

Beijos,bom domingo! :)

5 comentários:

Thiago Vieira disse...

Flá,
Adorei o texto sobre as mães. Felizmente ainda existem pessoas que posseum "senso materno", e que - sabendo da importância e da responsabilidade de seu papel de mãe - sonham com os momentos bons e até ruins deste verdadeiro privilégio!
Feliz dia das mães para todas aquelas que ainda carregam o dom da vida dentro de si. Sejam as mamães de fato (como a sua e a minha) como aquelas que possuem ainda apenas o sonho e o desejo, como vc menina!

Bjão, ótimo domingo pra vc!

Alcides disse...

Que lindo isso Flávia!

Acompanhei minha mulher nesse processo todo que você descreveu. E, por incrível que pareça, É INDESCRITÍVEL.

E passa tudo rápido mesmo. Nosso "bebê" faz 13! este ano.

Um beijo e que seu desejo se realize.

Alcides

Cris disse...

Nossa, Flá! Que maternidade aguçada!rs...
Achei lindo a forma como vc descreveu cada passo desse processo maravilhoso, sem tê-lo vivido fisicamente ainda! Digo fisicamente porque vejo que emocionalmente você já está muito além! rs..
Lindo, querida. Parabéns!

Bruna Souza disse...

Lindo...meu olhos encheram de lágrimas...
essa é a maior dádiva que uma pessoa pode ter
VALE A PENA SER MULHER! POR PODER SER MÃE!

Anônimo disse...

Desculpa a minha intromição, o texto é lindo, porém não acredito que uma mulher possa ser abençoada só pelo fato de ser mãe, em conceber uma criança, não esqueça que existem as mães que adotam, as vezes muito mais mães do que aquelas que abandonam um filho. O culto a uma barriga é apenas físico, sentimento vem do coração, e quiçá ter um marido para compartilhar a alegria.