sábado, 8 de março de 2008

Mulheres...

São muito mais que sexo frágil. São batalhadoras, decididas, fortes, objetivas, amorosas e dedicadas.
Dão a vida por seus filhos. Cuidam do marido. Organizam a casa. São administradoras, arquitetas, decoradoras, pintoras, pedreiras, faxineiras, passadeiras, cozinheiras sem terem estudado pra isso. É a lei da sobrevivência.

Se decidem lutar por uma vida melhor, saem pra estudar e trabalhar. Acumulam uma tripla jornada e só Deus sabe da onde tiram forças para darem conta da responsabilidade. E elas conseguem. Com graça e encanto. E ainda arrumam tempo pra ir ao salão de beleza e dar um trato no cabelo, nas unhas e na pele.

São anjos que protegem a prole. Feras que atacam o inimigo em defesa dos seus herdeiros. Ser mulher é ser sensível e ter a dádiva de gerar um ser dentro de si. É ter o milagre de dar a luz. Chorar quando vê seu pequeno rir pra ela. Chorar por ter de deixar o bebê na escola. Rir com um pequeno tombo. Arrepender-se por ter dado uma palmada. Sentir orgulho por uma boa nota.

Ter o talento profissional reconhecido. Ganhar uma promoção. Desfilar com uma roupa nova. Olhar os cabelos lindos e balançá-lo de um lado pro outro. Sentir-se linda depois de passar um batom.
Ser mulher é ter os braços abertos eternamente! Proporcionar doçura e meiguice em qualquer lugar que esteja!

Parabéns grandes mulheres que tornam este mundo um lugar mais sensível e mais lindo!

Um comentário:

Alcides Vieira Lima disse...

Como eu disse no blog da Cris:"Você foi a última coisa a ser feita/Porque tinha que ser perfeita/Tinha que ser/Mulher!" Parabéns não, MUITO OBRIGADO POR TUDO!
Beijos!
Alcides