segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

O Bob e a música

O Bob representa meu estilo musical, um tanto quanto eclético. Porém, me perdoeem os apreciadores de porcarias como o funk carioca, o axé baiano, o sertanejo universitário (juro: eu gosto de Tonico e Tinoco...rs), o pagode que é uma praga do país inteiro e qualquer tipo de forró. Gosto é gosto e isso não se discute. Acho que a expressão musical tem sim, muito a ver com o nível cultural, social e econômico das pessoas. Já conheci muitas “patricinhas” curtindo um pagode ou um funk só por ser modinha. Mas o que pega agora são os emos idiotas que não tocam nada, não cantam nada e vendem milhares de discos. Ô Zé Povinho sem noção que gasta grana com esses “artistas”. Dizem que representam o novo rock nacional e vão tocar playback no Domingão do Faustão. Me poupe!

Com o Bob vocês conhecerão as bandas e as músicas que eu mais gosto. Assim, vão entender o motivo por me julgar eclética. Mas deixem-me apresentar o Bob. É só descer um pouco a página para você conhece-lo.

Esta semana ele está tocando:

Duran Duran – Come Undone, uma das minhas preferidas da banda que ouço desde criança. A banda inglesa foi formada em 1978 e estourou na década de 1980 com o estilo New Romantic. Recentemente, realizaram alguns shows no Brasil.

Em seguida, entra o Red Hot Chilli Peppers com The Zephyr Song. A banda americana foi fomada em 1983 e estourou com o álbum Mother’s Milk de 1989. Conheci o Chlli Peppers com a música “Give it away” do álbum "Blood Sugar Sex Magik" de 1991, quando minha mãe ouvia a 89 – A rádio Rock. Isso sempre acontecia quando a programação da Alfa Fm ou da Antena 1 estavam ruíns...rs.

Agora, chegou a hora das pedradas, rs. Ok. Eu sei que a maioria da galera rock and roll detesta Coldplay. Mas fazer o que? Eu gosto. Sempre gostei. A música Lovers in Japan faz parte do álbum Viva la vida de 2008. O vocalista da banda Chris Martin jura que a banda não tem mais de dez anos pela frente. Eu espero que isso não aconteça. Apesar das críticas, acho uma banda criativa, que inova em cada álbum.

O Live é uma banda sólida e que tem nas letras do vocalista Ed tons de espiritualidade e ideologia, que faz a diferença apesar do apelo pop. Formada em 1988 por Ed Kowalczyk (vocais), Patrick Dahlheimer (baixo), Chad Taylor (guitarra) e Chad Gracey (bateria), estourou mundialmente com o álbum "Throwing Copper", de 1994. A música Heaven faz parte do disco Birds of Pray de 2003 que repercutiu discretamente nas paradas americanas.

Agora, sobre o Faith no More nem me atrevo a comentar, pois tenho um leitor que sabe de tudo e mais um pouco sobre a banda. Só posso dizer que gosto muito e coloquei na lista algumas músicas que detonam! Claytones é contigo! Rsrs

PS: Hoje é dia da voltas às aulas. Ufa! Último ano! Depois de alguns obstáculos ano passado, consegui superar tudo e agora é a fase final! Desejem-me sorte! Rsrs

Beijos e otima semana a todos! :)

4 comentários:

Marcus Batalha disse...

É, minha querida, você tem toda razão: a dita "MPB", Música 'POPULESCA' Brasileira é o terror dos terrores! Esse fim de semana eu ví algo que me deichou estupefacto: Paralamas e Banda Calipso tocando juntos no Estúdio Coca-Cola, na MTV (uma emissora que tinha tudo pra ser ótima, mas hoje só por Deus, viu...!)!!!
É o fim dos tempos, pessoal... Quando se pensa que chegou ao fundo do poço, alguem aparece com uma pá e começa a cavar mais...!

Abraços.

Kêco disse...

Musica popuplar não é meu forte,mesmo, Flavitz... porém, qdo se trata de Faith No More, ou qq coisa relacionada ao Mike Patton, vira assunto sério. Música por música. E só !!!!...rs
Valeu!!!
Kêco

Priscila Salvati disse...

Oi Flá, é isso aí gosto não se discute e ponto!
mas dizer que NXZERO, FRESNO e outras bandas, retratam o rock nacional é demais, prefiro muito mais escutar uma banda gringa do que esses moleques que só gritam no microfone.

Abraço :)

A Palavra Mágica disse...

Oi Flávia,

Só pra reforçar:

Que bom ouvir Duran Duran, uma das minha preferidas.

Beijos!
Alcides