terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Meio instável...

Fase: Minguante =/

Estou meio estressada por causa do Metro. Levei um, ou melhor dois empurrões hoje pra vir trabalhar. O primeiro deixou uma mancha roxa no no meu braço. Na estação Paraíso/Inferno (como diz o Leh), quando fui entrar no vagão me jogaram na porta e para proteger a costela, coloquei o braço na frente. O segundo pra sair da lata de sardinha. Uma mulher (filha da mãe, pra não dizer outra coisa) colocou as duas mãos nas minhas costas e me empurrou, quase caio no vão. Se minhas pernas não fossem fortes o suficiente, terida partido dessa pra melhor.

Ontem, li uma notícia sobre um novo programa de fidelização dos usuários. Algumas estações terão estacionamentos e o usuário ganhará um bilhete pra ir e outro para voltar. Se o sistema não comporta a quantidade atual de usuários, somando aqueles que vão trabalhar de carro, entrará em colapso. Prova disso, são os inúmeros acidentes que tem acontecido nas estações. Fidelizar o que, se não temos opção?

Mais uma vez cito o Leh aqui: é UÓ!

Mudando de assunto...


O que dizer sobre o Concerto no Teatro Municipal? Meu Deus!!! Que coisa maravilhosa! Saí de lá encantada, em extase! Quero de novo!!! É completamente diferente de ouvir um CD. Ver e sentir a música é indescrítivel. A arte da regência, a habilidade dos músicos, o talento divino. Realmente é divino. Tem que ter dom, vocação. Valeu a pena cada centavo. Agora quero assistir uma ópera no Municipal e a Osesp na Sala São Paulo.

Domingo, 24 vemos:

Rodrigo de Carvalho, regente. Tinha um pré-conceito sobre os regentes. Os achava sempre muito sérios, carrancudos, com a expressão fechada. Mas este é completamente diferente. Sempre sorridente, simpático.

Eduardo Monteiro, piano. Espetacular! Impressionante a habilidade e a velocidade que toca. Também uma simpatia. Um grisalho charmosissímo...rsss

Ouvimos:


J. Siqueira – "O Canto do Tabajara"

M. de Falla – "Noites nos Jardins da Espanha"

A. Dvorák – Sinfonia nº 8. Para mim o momento mais emocionante. Nestes minutos de música meus olhos encheram-se de lágrimas pelo menos umas 3 vezes.

Para informações sobre espetáculos no Teatro Municipal, acesse:


http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/teatromunicipal/programacao/index.php?p=1032

Na Sala São Paulo, o endereço é:

http://www.salasaopaulo.art.br/

É um programa diferenciado e muito bacana! Eleva a mente, o coração, a alma... Saia daquela vidinha de shoppings, cinema e parques. São Paulo é a 3ª maior cidade do mundo. Capital mundial da Gastronomia. Um dos principais centros culturais do planeta. Aproveite!

Beijos, boa terça pra nós!

2 comentários:

Cris disse...

Muuuito legais as diquinhas culturais aí! Muito bacana vc ter postado os sites. Torna a coisa mais acessível!!..rs
E concordo plenamente com seu comentário, sobre fazer passeios diferenciados em são paulo. Meu, é realmente incrível a quantidade de pessoas nos shoppings. Dá até um certo desespero em quem vai para comprar (e não só para passear). A vontade é de gritar: EXPLODAM-SE TODOS! Impossível de transitar. Se realmente as pessoas explorassem mais a cidade, o passeiozinho ao shopping seria a última alternativa. São Paulo é muito linda!! A gente tem pouquíssima noção do que ela oferece. Vamos explorar!!!

Cris disse...

Ah! Queria comentar também sobre o metrô. Bem, que é impossível, sem comentários. E além do metrô, o ônibus também....aiiii que i-n-f-e-r-n-o-o-o!! Todos os dias eu venho esmagada, pendurada, com um pé só ou nas três situações simultaneamente. E especialmente, queria colocar 2 situações que O-D-E-I-O: MOCHILEIROS e VELHINHAS! Caraca!! Porque a pessoa pensa que sua mochila nas costas não vai ocupar espaço????????????????????????????????????????????????????????????????
E as velhinhas???? Por que elas não podem marcar seus compromissos fora do horário de pico???????????
Elas bem que poderiam colaborar, né?!
Além de a situação estar horripilante e tenebrosa no quesito transporte público, temos que conviver com alguns inconvenientes...Mas, a roda gira!
BJO!